quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Séries canceladas do ♥

Para os sortudos de plantão, fim de ano é época de férias né? Ficar de bobeira em casa, sem nada pra fazer... Ai ai, meu sonho! Hahaha Mas tudo bem, porque essa semana tem feriado (pelo menos em Brasília), então a gente pode curtir pelo menos mini férias... E tem coisa melhor nessas horas que ficar debaixo das cobertas vendo TV, ainda mais com esse tempinho chuvoso? Se você está sem ter o que assistir, não tem problema! Hoje a dica são 10 séries de comédia que já terminaram (algumas bem antiguinhas mesmo), mas que ainda valem o download e muitas risadas!
Friends
(1994–2004)
A série de comédia mais querida de todos os tempos dispensa comentários né? Foi o primeiro seriado que eu acompanhei de verdade, lá do auge dos meus 11/12 anos e eu a-ma-va, mesmo não entendendo algumas piadas... Cresci assistindo as reprises da Warner e sempre que está passando e eu não estou fazendo nada, paro pra ver de novo. O sexteto de amigos em Nova York é encantador e não conheço ninguém que não ria pelo menos uma vez a cada episódio (tem gente que diz que não curte, mas é porque nunca viu e tem preconceito! =P).
Everybody Hates Chris
(2005–2009)
Outra que é unânime é Todo Mundo Odeia o Chris! Quem nunca viu (seja quando passava legendado na Sony ou dubladão na Record), não sabe o que está perdendo! Criada pelo comediante Chris Rock, ela é inspirada nas experiências pessoais da infância dele e conta a história do menino metido a engraçadinho que só se mete em encrenca. Como não amar o Chris, a mãe maluca dele ("eu não preciso disso, meu marido tem dooooiiis empregos!"), o pai muquirana, o irmão mais novo metido a galã ou a irmã mais nova queridinha da mamãe. O melhor amigo loser Greg, a professora Morello e até o "inimigo" Caruso são um mais hilário que o outro! Impossível não amar!
Malcolm in the Middle
(2000–2006)
No mesmo esquema de família disfuncional, Malcolm também é outra que tira gargalhadas de qualquer um. Quem conhece Bryan Cranston como o Walter de Breaking Bad é porque não lembra de Hal, o pai de família desmiolado que criava aos trancos e barrancos os quatro filhos ao lado da mulher pirada Lois. Francis, o mais velho de todos, aparecia só de vez em quando, porque estava na faculdade, Reese era o metido a bad boy, que aprontava na escola, e o caçula Dewey era simplesmente lesado, coitado! Malcolm, o filho do meio, era superdotado e sempre se dava mal com as burradas da família toda.
The Fresh Prince of Bel Air
(1990–1996)
Essa é clássica das clássicas e, apesar de ser a mais antiga da lista, ainda vale boas risadas. Em especial, claro, pela presença do sempre ótimo Will Smith, no papel do Maluco da Pesada (nome infâme esse né?) que se chamava Will... Smith! Sim, ele interpretava ele mesmo! Hahaha Isso é genial demais! Apesar de ser dos anos 90, a série era a cara da década anterior e tinha tanto no humor quanto nas roupas tudo de marcante dos anos 80. 
My Wife and Kids
(2001–2005)
Traduzida com o lindo nome de Eu, a patroa e as crianças (#not), essa série é um dos grandes clássicos do SBT, que eu assistia nas raras vezes que almoçava em casa quando estava na escola... Conta a história de mais uma família negra cheia de senso de humor (o que rola com esses programas de famílias negras norte americanas né? todos TÃO bons! hahaha). O pai é Michael, a mãe Jay e os filhos são o cabeçudo Jr., a adolescente Claire e a caçula fofíssima Kady, com seu amigo/namorado Franklin, que tem as melhores tiradas. Simples, bobinha, mas engraçadíssima.
Full House
(1987–1995)
Três é Demais é outra antiguinha, mas cheia de amor! Três amigos que vivem com três garotinhas. Por si só a história já era boa, aí vão e colocam as gêmeas Olsen be-bês pra fazer o papel da filha caçula do pai das meninas, o fofo Danny. As outras irmãs são um pouco escondidas perto da personagem Michelle, mas não menos fofas. É daquelas séries que não precisam de muitos motivos pra voltar a ver, que só as memórias que trazem já são gostosas, sabe?
Scrubs
(2001-2010)
Clássico da primeira década dos anos 2000, Scrubs foi a única série médica em que não rolavam dramas ou pegações absurdas. No lugar, muito humor negro e personagens incríveis, como o J.D. e sua eterna paixonite por Elliot ou o casal fofo Carla e Turk. Mas, pra mim, os mais inesquecíveis são o maldoso Dr. Perry e o sempre hilário zelador sem nome, que era só chamado de "The Janitor" mesmo... Quem lembra? =P
Freaks and Geeks
(1999–2000)

Como não amar uma série que tinha James Franco, Seth Rogen e Jason Segel adolescentes?  Essa eu assisti baixando online nesse ano (não tinha Multishow na minha casa quando eu era adolescente, desculpa! hahaha) e apaixonei! Sério, é muito engraçada! Pena que teve só uma temporada, curtinha, de 18 episódios. A história gira em torno de dois irmãos e seus grupos de amizade: os freaks (grupo de James Franco e cia.), que fumam maconha o dia todo e não estão nem aí pra nada, e os geeks, clássicos nerds não-populares. A premissa é simplezinha, mas o roteiro (do mesmo de Ligeiramente Grávidos e O Virgem de 40 Anos) e as excelentes atuações transformam a série, que é, sem exageros, uma das mais legais que já vi.
That 70's Show
(1998–2006)
Outra que foi celeiro de talentos (alô Ashton Kutcher e Mila Kunis!), That 70's Show é daquelas séries que a gente vê passando na TV e não resiste em assistir de novo e de novo. Apesar de atual (anos 2000 é atual, vai), ela se passava no auge dos anos 70, em Wisconsin, com roupas exageradas, maconha e paz e amor. O foco são os amigos de Eric: a namorada Donna, a patricinha Jackie, o latino Fez, o bitolado Kelson e o doidão Hyde. Mas nessa série, os destaques pra mim são mesmo os pais dele, a ótima Kitty (que depois fez Friends ) e o sempre mal humorado Red Forman.
Veronica Mars
(2004–2007)
Essa foi minha série preferida de todos os tempos, junto com The OC e Gilmore Girls, daquelas de ver toda semana, com hora marcadinha e tal (ah, os tempos em que a gente não baixava série!). Quem nunca viu não sabe o que está perdendo! Veronica era uma espécie de neo-Nancy Drew que seguia os passos do pai detetive depois de sua melhor amiga (interpretada pela Amanda Seyfried) ter sido assassinada. Com apenas um amigo e uma vida amorosa inexistente, ela se dedica a resolver os mistérios da cidade de Neptune e, aos poucos, descobrir quem matou sua amiga. Kristen Bell está ótima no papel principal e a personagem tem um senso de humor tão afiado que é impossível não se deixar conquistar.

E você? Tem mais alguma série de comédia velhinha do coração? Conta pra gente!

6 comentários :

Bibi disse...

CHOREI de emoção com esse post!! hahaha As séries dos anos 1990 são as melhores!Eu incluiria nessa lista: Mad about You, Frasier, Sex and the city (IMORTAL)e Will and Grace!

Taís Meireles disse...

Hahaha Will and Grace faltou demais!! Que lapso o meu! =P

Bibi disse...

Ontem não trabalhei e fiquei assistindo na Sony de manha. Passei mal de rir!! Os comentarios da Karrie e do Jack sobre o cabelo crespo da Grace são demaaais!

Bibi disse...

ah! sugiro um tema: boys band dos anos 1990! Sou ate hoje uma fã incondicional de BoysIIMen (R.I.P).

Taís Meireles disse...

Tema anotado! Boy bands são amor <3 Hahahahah

Trícia Oliveira disse...

Amei o post!!! E super faltou Will and Grace e Gilmore Girls! =P

Postar um comentário