terça-feira, 2 de outubro de 2012

10 namorados fictícios



Não sei você, mas a gente adora uma lista! Ranking de melhor isso, melhor aquilo. Tudo bobagem, claro! Mas não deixam de ser divertidos vai... Essa semana encontramos um ainda por cima super fofo. Criada pela revista de entretenimento Thought Catalog, a lista traduzida abaixo mostra os "10 melhores namorados da ficção". A gente concorda com alguns, outros nem tanto e, claro, sentimos falta de mais nomes... Hahaha Dá só uma olhada:
10. A Fera, de a Bela e a Fera
O cara te dá uma biblioteca particular dentro de um castelo cheio de móveis e objetos falantes que cozinham pra você a qualquer hora do dia ou da noite. Isso já é mais que suficiente para convencer muita gente a fugir e morar com ele, mesmo que isso signifique ter que desentupir o ralo do chuveiro pelo menos uma vez ao dia. Mas (você não ouviu isso de mim), eu ouvi que o lugar em que ele é mesmo uma fera é onde importa de verdade! Ha. Hahaha. Eu sou nojenta.
9. Jesse Pinkman, de Breaking Bad
Se você ia querer ou não um relacionamento sério com esse gato de Breaking Bad isso é irrelevante. Se cinco temporadas da série ensinaram alguma coisa foi que Jesse é o lado doce e de coração derretido no mundo de traições cruéis de Breaking Bad. Ele, e seus olhos azuis penetrantes, e seus conflitos internos, e seus pais desaprovadores, e seu amor por crianças — é tudo um grande pote de sentimentos que fazem com que você simplesmente queira abraçá-lo, talvez ajudá-lo um pouco com seu senso fashion e levá-lo para uma vida normal de felicidade. Tudo que ele realmente precisa é de amor e aprovação, e ele com certeza não vai conseguir isso com Walt, então terá de ser com uma de nós mortais da vida real. Vem deixar a gente te amar, e talvez nos dar um pouquinho do dinheiro da metanfetamina...
8. Ron Weasley, de Harry Potter
Bom, não é como se uma de nós fosse a Emma Watson, então quem dirá que merecemos um namorado fictício tão leal, bravo e engraçado como Ron? Ninguém. Mas o que podemos dizer é que se nos encontrássemos um dia em uma situação que nos colocasse frente a frente com a morte a cada semestre (e isso não inclui as vezes que você fica super doente e está até um pouco feliz porque pode ficar em casa e assistir ao Netflix e perder peso sem ter que fazer exercício), não tem ninguém melhor pra ter no seu tipe que o Weasley. Ele vem de uma família legal, ruiva e pé no chão, onde todos tomam sopa de aveia e se mantêm aquecidos em um cobertor feito em casa e outras atividades fofas de pessoas humildes vindas de Dickensian. Mas o que lhes falta de herança para os 87 filhos, eles compensam com proximidade e  festas calorosas nos feriados. É o tipo de família para a qual você quer entrar e não tem jeito melhor do que com o Ron.
7. George, de George, o Rei da Floresta
Eu não estou aqui para decidir se o personagem de George daria um bom namorado, já que eu acredito que tanto suas qualidades emocionais quanto intelectuais são irrelevantes. Ele poderia muito bem ser um serial killer que eu ainda assim o aceitaria. O que importa mesmo é poder olhar Brendan Fraser sem camisa por todo esse filme é como se Deus se desculpasse pela existência do vírus HPV. Tudo bem Deus, a gente te perdoa. A gente vai ali tomar nossas vacinas.
6. Sr. Darcy, de Orgulho e Preconceito
Também conhecido como o original melhor namorado da ficção. Se você já esteve muito muito afim de um cara super rico, indiferente e lindo que te tratou como uma pilha usada de areia de gato porque claramente ele era muita areia para o seu caminhão e vocês dois sabiam disso, você tem que agradecer ao Sr. Darcy. Todas adoramos pensar que somos originais e únicas, quando na verdade estamos nos torturando com uma história de amor com um deus do sexo que está simplesmente indisponível e acabamos nos satisfazendo com uma sombra a la Darcy.
5. Josh, de As Patricinhas de Beverly Hills
Apesar do fato de ele estar aparentemente mais que disposto a pegar, (ok, “pegar com muito carinho”) sua meia irmã mais nova enquanto ele já está com seus 20 e poucos anos, Josh está bem lá em cima na lista de namorados ficcionais com quem você poderia ouvir músicas dos anos 90 e ficar doidona falando sobre Nietzsche. Ele é simplesmente perfeito naquele jeito semi crocante de uma granola, com um tanto suficiente de ética para não te convencer a se transformar em uma vegetariana que vive com ele no porão da casa dos pais dele. Resumindo, ele é consciente, mas não demais, e ele vai crescer e se transformar em um advogado rico (mas ainda cheio de alma). Pode ficar com os pés no chão com esse aqui.
4. Noah, de O Diário de uma Paixão
Você pode gostar dele na fase sem barba e cheia de esperança ou na fase barbuda em que ele transa com viúvas e está deprimido. Não importa. Noah é indiscutivelmente um dos melhores namorados da ficção que nunca existirão fora do imaginário coletivo das mulheres. Afinal, o que mais você poderia pedir de um namorado? O cara é engraçado, inteligente, trabalhador, quer construir uma casa dos sonhos tipo Barbie em alguma plantação de cana de açúcar ou o que quer que seja aquilo, e ele também é interpretado pelo RYAN *gostoso* GOSLING, também conhecido como o único cara que conseguiria tirar sua atenção do JAMES *lindo* MARSDEN de uniforme militar. Eu acho que todas nós poderíamos lidar com um pouquinho mais de Noahs nas nossas vidas.
3. Aidan Shaw, Sex and the City
Eu estou disposta a perdoar quase qualquer peça bizarra que a Carrie usou em Sex and the City, mas eu não consigo perdoá-la pela incompreensível rejeição a Aidan Shaw, também conhecido como a personificação humana das músicas de Ray Lamontagne. Aquele homem simplesmente quer criar algum móvel pra você, levá-la a sua cabana naqueles braços maravilhosos, fazer um drink pra você no bar dele, e ser perfeito em toda forma possível e imaginável. Tudo isso ainda parecendo uma estátua grega vestida de jaqueta de couro. O fato de ela ter traído ele uma vez, e terminado com ele duas vezes, seja talvez a única questão que levanta dúvidas sobre sua perfeição — como é possível que ele tenha continuado afim dela depois de tudo isso? Talvez ele simplesmente adore mulheres com braços de Madonna que não tem nenhum controle sobre seu dinheiro. De qualquer forma, nós podemos ensiná-lo coletivamente a amar de novo, e enquanto ele aprende, ele pode  ajudar na reforma de casa.
2. Aladdin, de Aladdin
Ei garota, você gosta de pão? Aladdin tem todo aquele pão gostoso que você precisa. Ele tem um macaco em um colete, ele tem um loft na cobertura de um prédio que de algum jeito ele conseguiu garantir mesmo sendo sem teto. Ele tem tudo! E agora, como se aquilo não fosse suficiente, ele tem o Gênio. Desejos, garota. Desejos. Você quer um castelo? Todo seu. Você quer voar pela cidade em um tapete mágico? Se segura baby. Você quer que Aladdin se apaixone por você? Opa, o Gênio não mexe com liberdade de expressão.  Ele não pode fazer ninguém se apaixonar. Mas, para sua sorte, Aladdin já está caidinho por você. Vamos usar aqueles pedidos para coisas melhores.









1. Tom, de 500 Com Ela
Não temos certeza de quanto da raiva coletiva na internet contra a Zooey Deschanel tem a ver com ela como pessoa, mas sabemos que uma boa porcentagem tem a ver com o tratamento recebido por nosso querido Joseph Gordon Levitt em 500 Dias Com Ela. Quantas de nós sentamos nos nossos sofás (ou, sejamos realistas, em um cinema cheio de estranhos) e gritamos “Está tudo bem, Joseph, eu vou te amar pra sempre! Esqueça ela e vem cá e me deixa curar seu coração!!” (possivelmente beijando a tela)? Ou fui só eu? Eu tenho dificuldade em acreditar que nós todas não sentimos uma uma pontada de ciúmes enquanto assistíamos o coração do pobre Tom ser despedaçado por franjinhas vestidas em vestidos de menininha, incapazes de fazer qualquer coisa por ele. Seja quando ele está desenhando nos nossos braços, nos beijando na máquina de xerox ou simplesmente nos encarando com olhos que lembram cupcakes quentinhos de chocolate, Tom seria o namorado fictício perfeito.


E aí, concorda? Adicionaria mais alguém à lista? 

1 comentários :

Juliane disse...

Eu escolheria o Josh das Patricinhas de Beverly Hills!!

Postar um comentário