sexta-feira, 25 de maio de 2012

Fashion Rio Verão 2013 - dia 3


Em mais um dia de desfiles no Jockey Club carioca, foi a vez de Ágatha, Nica Kessler, R.Groove, Maria Bonita Extra, Coven e Coca-Cola Clothing desfilarem pelo Fashion Rio Verão 2013. Desfiles de altos e baixos, digamos assim. A seguir o resumo de cada um... ;)
Com uma cartela de cores bem focada, a Ágatha, de Ceiça Gioielli, tentou explorar a ideia de profundidade nessa coleção, desde as pregas e "dobraduras" das roupas até a sobreposição volumosa em muitos looks. Mas o grande diferencial, sem dúvidas, foi o uso de materiais inovadores, como a pele de pirarucu, a manta de salmão e a tela de chamois bordada com cristais. Tudo rico em detalhes, mas com um resultado geral bem leve e minimalista.
Para o verão de 2013, a estilista Nica Kessler buscou inspiração nas louças tradicionais portuguesas, pintadas à mão em azul e branco vibrantes. Aquecendo a cartela de cores, entraram em jogo também estampas frutíferas em vermelho vivo e rendados off white. Mas, de toda a coleção, o que mais chamou a atenção foram os acessórios de colher e garfos, que adornaram as orelhas e pulsos das modelos. Para completar, bolsinhas tipo cesta de piquenique e cabelos com tranças mirabolantes. Eu ♥!
Uma das únicas marcas masculinas do Fashion Rio, a R.Groove trouxe uma proposta extremamente street para esse verão. A inspiração foi o universo do skate, com cores mais urbanas como o branco, o cinza, o marinho, o verde, o vermelho e o bege. O estilista Rique Gonçalves fez questão de enxugar os detalhes, em roupas com poucos detalhes, que dispensam até zíperes e bolsos. Para se ter uma noção, até as estampas estilo Hawaii tinham esse quê de urbano menos tropical.
Em uma espécie de continuação da coleção anterior, a carioca Maria Bonita Extra apostou mais uma vez no que sabe fazer melhor: vestidos, shorts e saias curtinhos e estampas diferenciadas, quase abstratas. A referência, dessa vez, foi a metamorfose da libélula, evidente em algumas estampas e, principalmente em modelagens diferentes, como a forma ampulheta: "Fecha na cintura, abre no quadril e fecha na perna”, resume a estilista Katia Wille para o portal FFW.

Assim como a New Order no primeiro dia de desfiles, a mineira Coven também resolveu apostar no universo náutico. Especializada nos tricôs, o navy surgiu tanto na cartela de cores da coleção quanto em elementos como as cordas e as âncoras, que estamparam vestidos e blusas em tricô. A inspiração foi o livro A Ilha de Arturo, de Elsa Morante. Um dos pontos altos do desfile foram as peças com mini pérolas bordadas a mão. Lindo!
Repetindo a fórmula de peças praticamente unissex usada no inverno passado, a Coca-Cola Clothing apostou em peças multicoloridas e outras em versões mais minimalistas. A modelagem deu uma bela enxugada e, principalmente na coleção feminina, os comprimentos foram encurtados (como não podia deixar de ser pro verão né?). Eu gostei das estampas psicodélicas e de algumas peças em couro cru vermelho. No mais, a beleza da Coca Cola acaba mais uma vez chamando mais atenção que as roupas em si.
**Imagens: FFW.com.br**





0 comentários :

Postar um comentário