quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Roupas em troca de sangue?

Doar sangue nunca esteve tão na moda. Pelo menos não na Holanda. Graças a uma marca de roupas local as doações de sangue no país aumentaram. O motivo? Ao invés de receber dinheiro pelas peças criadas, a Red Rail prefere pagamentos em sangue.
Lançada em julho de 2010 durante a semana de moda de Amsterdã, a marca não aceita pagamentos nem em Euro, nem em Dólar, nem em moeda nenhuma. Para comprar algum item da coleção deles, é preciso se cadastrar em uma das Associações de Doadores de Sangue holandesas e se tornar um doador oficial. Depois, o cliente pode entrar em contato com a Red Rail por e-mail para receber o produto escolhido. A Red Rail foi criada pela Fundação Nobel e é patrocinada pela Fundação DOEN.


A primeira coleção da marca foi desenhada por 18 estilistas holandeses e tinha camisetas, vestidos, calças jeans, mini saias e até chapéus, tanto para mulheres como para homens. A próxima linha de roupas deve sair ainda neste ano. E como a procura foi grande na primeira coleção, eles fizeram uma espécie de sorteio entre os doadores, para que as pessoas continuem a doar mesmo que não recebam as roupas.


Com o mote "tem coisas que o dinheiro não pode comprar", a Red Rail pretende criar uma nova geração de doadores motivada pela ideia de sustentabilidade e solidariedade. Afinal, alguma coisa a sociedade tem que fazer, já que na Holanda estima-se que nos próximos dois anos haverá uma grave escassez de sangue, prejudicando todo o sistema público de saúde no país. No Brasil, a situação ainda não chegou a esse ponto, mas é sempre bom lembrar de doar sangue né?

O que vocês acham da iniciativa? Comprariam roupas em troca de sangue?



0 comentários :

Postar um comentário